sexta-feira, 27 de setembro de 2013

{Bel} Book Challenge #3 ~ Dash & Lily's Book of Dares (Rachel Cohn e David Levithan)

Título: Dash & Lily's Book of Dares
Autores: Rachel Cohn e David Levithan
Editora: Knopf Books
Número de páginas: 272
Nível do inglês: Fácil

Skoob :: Goodreads

Avaliação: 5 estrelas e Favorito!

Sinopse: “I’ve left some clues for you. If you want them, turn the page. If you don’t, put the book back on the shelf, please.” So begins the latest whirlwind romance from the New York Times bestselling authors of Nick & Norah’s Infinite Playlist. Lily has left a red notebook full of challenges on a favorite bookstore shelf, waiting for just the right guy to come along and accept its dares. But is Dash that right guy? Or are Dash and Lily only destined to trade dares, dreams, and desires in the notebook they pass back and forth at locations across New York? Could their in-person selves possibly connect as well as their notebook versions? Or will they be a comic mismatch of disastrous proportions? Rachel Cohn and David Levithan have written a love story that will have readers perusing bookstore shelves, looking and longing for a love (and a red notebook) of their own.


Toda a história se passa em um espaço de 10 dias, entre dia 21 de Dezembro e dia 1 de Janeiro. O livro é todo no clima natalino e de festas de New York.

Tudo começa na famosa livraria Strand Bookstore, quando Dash encontra um moleskine vermelho entre os livros e o abre, se deparando com a frase:

“I’ve left some clues for you. If you want them, turn the page. If you don’t, put the book back on the shelf, please” - (Deixei algumas pistas para você. Se você você as quer, vire a página. Se não, coloque o caderno de volta na prateleira, por favor)

E não há dúvida de que Dash aceita o desafio e mata a charada que estava no moleskine. E então que ele entra no jogo e devolve outra charada para Lily, a dona do moleskine. E durante toda essa semana de Natal e Ano Novo, Dash e Lily vão se comunicando através do caderno, o que vai levá-los para vários lugares de New York para encontrar as respostas do jogo. 

The Strand Bookstore - Onde tudo começa... Fonte: Wikipedia

E nessa brincadeira, eles vão se conhecendo, contando um para o outro, os pensamentos mais íntimos, confidências. E, mesmo não se conhecendo, eles se apegam demais um ao outro. O moleskine vermelho se torna parte da vida deles.

“I want to believe there is a somebody out there for me. I want to believe that I exist to be there for that somebody.”

O livro é narrado em primeira pessoa. E os capítulos são narrados por Dash e por Lily, de forma alternada. Dash é um personagem fascinante, ele tem 16 anos, olhos super azuis, alucinado por livros e muito irônico. Ele tem uma maturidade já bem desenvolvida por conta das dificuldades que já passou com a família. Já Lily, de 16 anos também, é mais infantil, mas também é uma personagem legal e dei boas risadas com ela.

Durante a história, devido à narrativa em primeira pessoa, temos acesso aos sentimentos e pensamentos mais íntimos de cada personagem. Lily nunca havia beijado um garoto e ela se sente muito diferente de todos por conta dessa situação.

Dash, tentando esquecer de uma vez por todas Sofia, sua ex-namorada, se afoga em livros e adora saber das origens das palavras e saber o que estava acontecendo quando elas foram criadas.

“You think fairy tales are only for girls? Here's a hint - ask yourself who wrote them. I assure you, it wasn't just the women. It's the great male fantasy - all it takes is one dance to know that she's the one. All it takes is the sound of her song from the tower, or a look at her sleeping face. And right away you know - this is the girl in your head, sleeping or dancing or singing in front of you. Yes, girls want their princes, but boys want their princesses just as much. And they don't want a very long courtships. They want to know immediately.”

A mistura de Natal, Ano Novo, neve, livros, luzes e amor deu em um resultado fantástico, o qual só me fez ficar com mais vontade ainda de andar pelas ruas da Big Apple! E claro, dar uma passada lá na Strand!

E apesar de Dash e Lily serem bem diferentes, uma coisa eles têm em comum: o desejo de um amor, de poder estar lá por alguém. 

O livro é muito gostoso de ler, o inglês dele é bem fácil e fluido. Fiquei super apaixonada! Livro fofíssimo!

“The important people in our lives leave imprints. They may stay or go in the physical realm, but they are always there in your heart, because they helped form your heart. There's no getting over that.”

E agora eu quero muito ler mais livro da dupla Rachel e David! A maneira como eles escrevem é muito gostosa e vale a pena cada palavra, cada página virada!

Se você tiver um nível de inglês básico muito bem feito, com uma boa bagagem de vocabulário, certamente não encontrará muitas dificuldades para ler esse livro! Super indico esse amor de livro!

Quem aí já visitou a Strand?

Um abraço

Não se esqueça de seguir o blog!
:: FanPage :: Twitter ::
:: Skoob :: Goodreads :: Instagram :: Flickr :: LastFm ::
Um abraço
Bel VF 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para compartilhar as suas opiniões e experiências!
Obrigada pela visita!