terça-feira, 3 de setembro de 2013

Tá lido #19 - O Lado Bom da Vida, Mattew Quick


O lado bom da vida

Autor: Matthew Quick 
Páginas: 254 
Editora: Intrínseca
Avaliação pessoal: *** e meia

Sinopse: Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes da internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. Uma história comovente e encantadora, de um homem que não desiste da felicidade, do amor e de ter esperança.

Adicione no Skoob!

~~°°~~~~°°~~~~°°~~~~°°~~~~°°~~~~°°~~~~°°~~~~°°~~~~°°~~~~°°~~~~°°~~~~°°~~~~°°~~



Pra começar preciso dizer que esse livro não mudou a minha vida, mas me fez rir e repensar algumas coisas.

É uma história triste e ao mesmo tempo muito tocante de como superar (ou não) as decepções e os momentos difíceis que a vida nos impõe. Afinal as dificuldades deveriam nos trazer algum benefício e amadurecimento, mas algumas coisas nos magoam tão profundamente que isso é impossível ou no mínimo muito demorado né?

Um dos grandes catalisadores de brigas e desentendimentos é justamente não conseguir enxergar a dor, os medos e as dificuldades de cada um, viver com pessoas bem resolvidas emocionalmente é fácil, mas e quem não é assim tão bem resolvido como fica?

É justamente nesse ponto que o livro se baseia e nos mostra como um trauma pode modificar uma vida, uma não, muitas vidas, porque além de interferir na vida de quem sofreu o trauma, interfere também na vida de quem ama e convive com essa pessoa, não só a família, mas amigos também.

O livro conta a história de Pat, um professor de história e treinador de basquete da mesmo escola que Nick seu grande amor, que é uma professora de literatura inglesa no mesmo colégio que ele leciona. Quem é essa Nick e o que aconteceu com o casamento deles é uma incógnita, assim como descobrir porque ele foi parar no hospício (no lugar ruim como ele chama).

Quando de repente a mãe dele decidi mudar de estratégia, talvez levar ele pra casa e mudar de psicólogo podem ser a salvação e quem sabe assim ele não possa recomeçar sua vida e superar seus problemas. pra mim o apoio da mãe, do irmão, do melhor amigo e da sua nova amiga (você descobre ao longo do livro)  e do futebol americano (VAIII BIIIIRDS!) são fundamentais e fazem a diferença nas escolhas dele ao longo de sua recuperação.

Ele livro conta como pode ser doloroso se recuperar de uma dor, mas também mostra um crescimento pessoal muito grande, mostra como é importante aceitar o que não podemos mudar e acima de tudo como é importante ter a nossa volta pessoas que realmente se importam conosco.

Vale a pena ler, mas sem esperar muito, quem sabe assim você se surpreenda como eu! :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para compartilhar as suas opiniões e experiências!
Obrigada pela visita!