sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Impressões de Leitura #2 - To Kill a Mockingbird (O Sol É para Todos) - Harper Lee [Paty]

Oi, pessoal!

Voltei para falar de mais um livro 5 estrelas para mim. Bora?

Autora: Harper Lee
Editora: Grand Central
Páginas: 281
Sinopse: Em “O Sol É para Todos”, Harper Lee acompanha três anos da vida dos jovens Jem e Scout Finch numa terra de profundo preconceito racial. A história é pontuada pelo caso de um homem negro injustamente acusado do estupro de uma garota branca em uma pequena cidade do Alabama.
Nível de inglês: de médio a difícil
Avaliação: *****



Para começar, como é difícil encontrar esse livro em português! Tanto que desisti e comprei em inglês mesmo, e devo dizer que a leitura do original foi uma experiência bem interessante – o livro é escrito em uma linguagem bem coloquial, como se fosse nosso “caipirês”, então sofri um pouco para entender algumas partes; mas, no final, o esforço todo foi bem recompensador.

O livro é narrado pela Scout, a irmã mais nova. Acompanhamos a vida dela ao lado de Jem, seu irmão, Dill, amigo dos dois, Atticus, o pai, e Calpurnia, a cozinheira. A mãe das crianças faleceu quando elas eram bem pequenas.

Eles vivem em Maycomb, uma pequena cidade do Alabama, a típica cidadezinha de interior, onde todos se conhecem. Na mesma rua da família Finch mora um rapaz recluso, com fama de louco, e as crianças passam a maior parte de seu tempo livre bolando planos para atrair o estranho para fora de sua casa.

As coisas esquentam na cidade quando Atticus, advogado respeitado e admirado por todos, aceita defender um negro acusado de ter estuprado uma moça branca. E é aí que o lado cruel das pessoas vem à tona: Scout e Jem são provocados pelos colegas de escola, Atticus é perseguido por alguns cidadãos e Tom Robinson, o acusado, é quase morto por alguns cidadãos.

É muito lindo ver como Jem lida com essa situação, pois ele admira muito o pai e sempre pauta seu comportamento pelo dele, ao mesmo tempo em que ajuda Scout a passar por essa situação delicada. Mas é Atticus o verdadeiro destaque do livro. Que personagem incrível! Com certeza um dos melhores da literatura e um queridinho meu. O peso de criar seus filhos sozinho é muito grande e ele leva isso muito a sério, sempre procurando agir e falar de forma correta para ser exemplo para eles. Tanto é que o livro é recheado de frases incríveis ditas por Atticus (e no final vou deixar para vocês a minha preferida).

A parte final para mim é a mais emocionante: Tom Robinson é condenado (e ainda tem mais por vir!), Jem e Scout passam por uma certa situação e acabam conhecendo uma pessoa inesperada e Atticus tem seu maior conflito interior – e conta com a ajuda de Scout para resolvê-lo, em uma das passagens mais bonitas do livro, em que vemos como Atticus foi bem-sucedido ao educar seus filhos.

A história foi adaptada para os cinemas em 1962, com Gregory Peck no papel de Atticus. Terminei o livro e corri para baixar o filme, mas infelizmente ainda não consegui assistir. De qualquer forma, recomendo fortemente a leitura – só de escrever já dá vontade de ler novamente!

Termino, como disse acima, com a minha frase preferida do livro, e isso porque ela me tocou profundamente em um momento em que eu precisava ouvir essas palavras:

“Coragem é quando você sabe que está derrotado antes mesmo de começar, mas começa mesmo assim, e vai até o fim, apesar de tudo”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para compartilhar as suas opiniões e experiências!
Obrigada pela visita!