sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

{Fabi} 'Tá lido # 61 - O iluminado, Stephen King


ISBN: 9788581050485
Ano: 2012 / Páginas: 463
Editora: Suma de Letras
Avaliação pessoal: 5 estrelas e favorito

Sinopse: O romance, magistralmente levado ao cinema por Stanley Kubrick, continua apaixonando (e aterrorizando) novas gerações de leitores.
A luta assustadora entre dois mundos.
Um menino e o desejo assassino de poderosas forças malignas.
Uma família refém do mal.
Nesta guerra sem testemunhas, vencerá o mais forte.
Danny Torrance não é um menino comum. É capaz de ouvir pensamentos e transportar-se no tempo. Danny é iluminado. Será uma maldição ou uma bênção? A resposta pode estar guardada na imponência assustadora do hotel Overlook.
Em O iluminado, quando Jack Torrance consegue o emprego de zelador no velho hotel, todos os problemas da família parecem estar solucionados. Não mais o desemprego e as noites de bebedeiras. Não mais o sofrimento da esposa, Wendy. Tranquilidade e ar puro para o pequeno Danny livrar-se das convulsões que assustam a família.
Só que o Overlook não é um hotel comum. O tempo esqueceu-se de enterrar velhos ódios e de cicatrizar antigas feridas, e espíritos malignos ainda residem nos corredores. O hotel é uma chaga aberta de ressentimento e desejo de vingança. É uma sentença de morte. E somente os poderes de Danny podem fazer frente à disseminação do mal.
⋘ ⋙⋘ ⋙⋘ ⋙⋘ ⋙⋘ ⋙⋘ ⋙⋘ ⋙⋘ ⋙⋘ ⋙⋘ ⋙⋘ ⋙

Eu comecei a ler King esse ano, meio que por acaso, confesso que não tinha interesse e tinha um pouco de preconceito, porque, veja bem, não gosto muito de sentir medo lendo, gosto mesmo de me divertir, chorar e ficar triste durante a leitura, mas nunca com medo.

Só que a chata linda da Iris, que estuda comigo essa insuportável, adora SK e me obrigou emprestou Carrie e A espera de um milagre, li primeiro Carrie, mas é assunto pra outro post e depois li A espera de um milagre e como ela não estava com O iluminado acabei comprando .
E como eu já disse antes esses últimos posts do ano serão dedicados aos meus livros favoritos do ano que ainda não apareceram por aqui.

Eu preciso confessar, estou apaixonada pelo Rei, quero ler tudo que eu puder dele, sério vale muito a pena, a narrativa dele prende e te faz querer devorar o livro, pior que os livros não dão medo, mas aquela sensação que a gente sente assistindo filme de terror, quando estamos esperando alguma coisa assustadora, segurando a respiração e com o coração meio acelerado? Pois é, senti isso muitas vezes durante a leitura.

O livro vai contar a história de uma família de três pessoas Jack Torrance, o pai; Wendy, a mãe e Danny, a criança que é iluminada e isso você já descobre logo de cara. A trama se passa entrelaçando pontos de vista dos personagens, acontecimentos e lembranças. 

Por isso, ao longo da história desenvolvemos sentimentos mistos pelos personagens, porque de certa forma somos manipulados pelos pontos de vista deles, então ora achamos que o Jack é um coitado, ora que ele é um babaca de marca maior (o que agora eu acho que ele é mesmo); a Wendy passa de mãe dedicada à grande vacona, dependendo do ponto da história e até mesmo o Danny passa de criança boazinha para mimado querendo atenção.

Esse mix de sentimentos aconteceu comigo até o momento que eu percebi que o ponto de vista dos personagens estava mexendo comigo, o que o narrador queria que eu pensasse estava pensando sem questionar, comecei a pensar no que eu achava de cada personagem e isso me deu um outro ponto de vista da história, o meu.

Até agora é meu livro preferido do King e já estou com Doutor do sono (continuação) aqui pra ler, espero ler em breve...rs
Acho a construção da história e dos personagens muito real, gosto de como ele mostra as coisas aos poucos e a empatia que sentimos pelos personagens, toda vez que acaba um livro dele, surge uma vontade de saber mais dos personagens, uma vontade de não terminar o livro.

Ás vezes ele pode ser bem descritivo, o que não me atrapalha, afinal meus escritores preferidos são descritivos, mas quando ele começa a ação não dá nem pra respirar direito.

Quando li a sinopse do livro, achei que ele me lembraria um pouco sexto sentido, de fato existe uma criança que vê espíritos, existe um adulto que explica as coisas, existe uma cena com banheiro, mas acho que as coincidências  param por ai...rs.

Acho que todo mundo no mundo deveria ler esse livro, ele é SENSACIONAL!


Quem ai já leu?
O que achou dele? Qual King recomenda?

Até a próxima!

;)








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para compartilhar as suas opiniões e experiências!
Obrigada pela visita!